16 de dezembro de 2012

É Mole?

Nossa, ontem fui numa aventura com meu namorado: shopping em época de Natal! A compra era para ser rápida, mas... Na primeira loja, a tentativa era de comprar uma roupa de presente para uma menina. Gente, que loucura! Até conseguimos escolher as peças, depois de muito tempo, pois as vendedoras estavam loucas, assim como a clientela, só que aquelas super mal preparadas. Agora, pagar foi impossível. Só para fechar a conta foi tipo missão impossível. Na hora de pagar, aproximadamente uns 30 minutos de espera, sem previsão para atendimento. Fomos embora de mãos vazias. Conseguimos comprar o presente na única loja, das 6 que entramos, com bons vendedores. Ufa e até que enfim!

Mas o que isso tem a ver com vegetarianismo? Bem, estava nos planos almoçar por lá (detalhe que já eram 17h). Fomos ao La Mole, que pelo menos não serve na confusão da praça de alimentação. = P Chegando lá, nós mesmos nos conduzimos à mesa, nós mesmos pegamos o cardápio, o azeite, só faltou irmos para a cozinha preparar o pedido. rsrsrsrsrs. Agora, o motivo do título desta postagem: o La Mole servia uma opção lacto-vegetariana boa, o ravioli de queijo coalho com damasco. Servia, no passado, para minha surpresa e decepção! É mole uma coisa dessas!? Também tiraram a clássica sobremesa de banana flambada com sorvete. Surreal!!! Fora isso, o couvert estava sem pizza branca e grissini. Será que foi o Papai Noel quem comeu tudo? Opções de almoço ovolactovegetariano que sobraram no La Mole: uma massa, acho que gnocchi, aos quatro queijos, salada especial (aquela que você monta num papelzinho, com 12 itens e 1 molho) e pizzas de mussarela, margherita e tomate seco com rúcula. Fiquei com a salada e fui feliz!

Numa época em que tanto se fala de inclusão, cadê a inclusão dos vegetarianos na sociedade? Vou pedir para que venha junto com o espírito de Natal, que também anda perdido por aí!