15 de janeiro de 2013

Frutas: Lichia

Ainda dá tempo de saborear a Lichia. Fruta originária da China, seu cultivo no Brasil ainda é pequeno e incipiente, por isso o preço não é dos melhores... :( A colheita por aqui acontece entre novembro e janeiro, ou seja, final da primavera e início do verão. Para quem não conhece ou já viu a fruta mas nunca experimentou, aconselho que comprem, coloquem na geladeira, depois descasquem e comam, várias. Uma delícia!!! Seu sabor é suave e doce. Geladinha então, fica ultra-refrescante, que é tudo o que queremos nesse calor carioca, não é mesmo?

Lichia descascada, pouco antes de ser comida, e com casca, ao fundo à direita.
A lichia é rica em potássio e vitamina C, além de ter outras vitaminas e minerais em teores menos significaivos. Agora, informações bombásticas sobre a frutinha. Rola um estudo dizendo que a Lichia auxilia quem está querendo perder umas gordurinhas, principalmente na região do 'panceps'. É pessoal, já estou até arrependida de ter comprado apenas uma caixinha... rsrsrs. Cada frutinha tem em torno de 6 calorias, e o fato de ter que descascar pacientemente uma a uma faz com que não devoremos muitas de cada vez. Mas não é só por isso que a Lichia é boa para o emagracimento. De acordo com informações colhidas no blog Dieta & Nutrição e no site da revista Saúde da editora Abril (os textos são idênticos, mas os autores não... ô-ou...), o Prof. Dr. Jun Nishihira realizou uma pesquisa no Japão e observou uma considerável perda de gordura abdominal em voluntários que consumiram extrato de lichia em comparação com outros que consumiram placebo. Tudo graças a uma substância chamada Cianidina. Acho legal se ligar que a perda se deu com o consumo do extrato e não da fruta em si (aaaaaaaahhhhhhh....). Não se sabe quantas frutinhas devemos comer por dia para termos um bom resultado, mas dá para comprar o extrato em lojas (u-hu!). Vou parar por aqui e sair já para comprar mais lichia para mim enquanto é tempo!